sexta-feira, 30 de setembro de 2016

Atenção : entenda porque doces, fast-food e refrigerantes fazem mal para a saúde.


Você sabia que doces, fast-food e refrigerantes são os piores alimentos para o homem? Podem ser tentadores, mas estas comidas apresentam altas taxas de açúcar ou sódio, além de toda a gordura que enviam para dentro do corpo.
PUB
De acordo com o site Curiosidades, o s riscos para a saúde são incontáveis. Quando ingerido em excesso, causa danos ao coração e o aumento da pressão arterial. Essa condição pode facilmente levar a um ataque cardíaco.

Fique atento Alguns estados proibirão venda de bebidas alcoólicas nas eleições.


A restrição de venda de bebidas alcoólicas no próximo domingo (2), por causa das eleições municipais, será adotada em pelo menos dez estados, segundo levantamento feito pela Agência Brasil. Em alguns, a proibição valerá para todo o estado, mas em outros casos, apenas a capital ou alguns municípios vão aderir à Lei Seca nas eleições.
PUB
Em Minas Gerais, no Acre, Pará e Paraná, a proibição da venda, distribuição e do fornecimento de bebidas alcoólicas valerá para todo o estado, das 6h às 18h de domingo.
No Amazonas, a proibição vale para a capital, Manaus, entre as 22h de sábado (1º) e

Um Grupo realiza consulta popular no sábado para separar região Sul do resto do País.

Moradores do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná vão se deparar com urnas espalhadas pelas ruas no próximo sábado, 1º de outubro. Neste dia, o movimento "O Sul é o meu País" fará uma consulta popular sobre a possibilidade de separar esses três Estados do restante do Brasil. Na prática, a intenção é saber se a população concorda com a proposta do grupo de criar um novo País.

Lei Maria da Penha,assessor de Freixo é condenado .

Dinei virou alvo da Justiça após ser acusado de ameaçar e agredir ex-mulher. Exonerado, continua participando de atos da campanha do PSOL
Dinei virou alvo da Justiça após ser acusado de ameaçar e agredir ex-mulher. Exonerado, continua participando de atos da campanha do PSOL
Mais um caso de violência contra a mulher que vem à tona na eleição do Rio de Janeiro. Assessor parlamentar de Marcelo Freixo (PSOL) até 1º de agosto, Valdinei Medina da Silva, o Dinei, foi condenado pela Justiça com base na Lei Maria da Penha. Ele esteve lotado no gabinete do deputado estadual desde o ano passado e continua a participar de atos da sua campanha eleitoral – no último domingo (25), por exemplo, acompanhou-o no debate entre os candidatos na TV Record.
Procurado por ‘Veja’, Freixo afirma que Dinei foi exonerado assim que soube do episódio e que atua na campanha como voluntário. “Lamento profundamente. Ao contrário do Eduardo Paes, que manteve agressores em diversos cargos e transformou um em candidato, agi imediatamente”, afirma Freixo. O assessor foi nomeado para o gabinete do parlamentar em 4 de fevereiro de 2015. O episódio que gerou a sentença judicial ocorreu mais de um ano antes, em dezembro de 2013.

quinta-feira, 29 de setembro de 2016

Olá o que o governo quer com as mudanças na CLT?

O que o governo quer com as mudanas na CLT
As mudanças que o governo está apresentando ao Congresso para as relações trabalhistas tendem a acelerar processos hoje regrados pela CLT. Busca-se uma forma de acelerar o crescimento da economia, retomando o rumo perdido na última gestão do governo federal.
As reformas voltam-se principalmente para a terceirização de

Atenção contribuintes fique por dentro, Reforma da Previdência: O que pode acontecer com a sua aposentadoria?

Reforma da Previdncia O que pode acontecer com a sua aposentadoria
Com a ocorrência do impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff, areforma previdenciária proposta pelo atual presidente Michel Temer deve se tornar rapidamente uma realidade. Algumas alterações foram propostas pelo ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, mas ainda não se sabe quais medidas serão efetivamente acertadas. Quem se aposentar nos próximos dias não será prejudicado.
Ainda não foram expostos quais termos serão alterados com a

O bicho da pegando Polícia Federal prende três desembargadores por venda de liminar.

Venda de liminares era negociada em aplicativo de mensagens, segundo investigação da PF
Venda de liminares era negociada em aplicativo de mensagens, segundo investigação da PF
Advogados e pessoas de confiança de desembargadores do Tribunal de Justiça do Ceará (TJ-CE) negociavam venda de liminares por meio de grupos formados no aplicativo WhatsApp, segundo informações da Polícia Federal (PF) em Fortaleza. A PF deflagrou nesta quinta-feira (28), junto com o Ministério Público Federal no Ceará (MPF-CE), a segunda fase da Operação Expresso 150. A informação é da ‘Agência Brasil’.
Catorze advogados e três desembargadores foram alvos de mandados de condução coercitiva e de busca e apreensão em seus escritórios e gabinetes. Batizada de Cappuccino, essa fase da investigação revelou que os envolvidos se organizavam em três núcleos, cada um atuando em torno de um magistrado.